Brasil x Espanha: a final mais esperada no futebol olímpico

Equipe comandada por André Jardine encara neste sábado (7), às 8h30 (de Brasília), no Yokohama International, uma Espanha que vem em bom momento.

A Seleção Brasileira vai em busca do sonhado bicampeonato olímpico. Neste sábado (7), às 8h30m (de Brasília), os comandados de André Jardine disputam o ouro no futebol masculino com a Espanha, na promissora final dos jogos olímpicos de Tóquio.

O técnico André Jardine tem boas chances de contar com força máxima na decisão. Em processo de recuperação de uma contratura muscular na coxa esquerda que o tirou da semifinal ,o atacante Matheus Cunha foi a campo nesta sexta feira e treinou pelo segundo dia consecutivo. O comandante canarinho faz mistério sobre a escalação, mas indica que o camisa 9 deve retomar a dupla de ataque com Richarlison, visto como uma das esperanças de Jardine para o confronto. 

ESPANHA

Já na Espanha, o técnico Luis de La Fuente deve manter a linha de frente que se consolidou no decorrer da campanha. Olmo e Oyazarbal devem contar com a ajuda de Rafa Mir no setor ofensivo. Embora o comandante tenha destacado o progresso de Ceballos, que se recupera de uma lesão sofrida durante a partida com o Egito, na fase de grupos, o meia ainda é dúvida.

A Fúria tem a vivência dos jogadores como um trunfo. Seis dos seus titulares disputaram a Eurocopa: Unai Simón, Eric García, Pau Torres, Pedri, Mikel Oyarzabal e Dani Olmo.

De La Fuente detalhou como tem sido o ambiente na Fúria e o que espera do confronto com os brasileiros.

FICHA TÉCNICA

BRASIL x ESPANHA

Data-Hora: 07-08-21 – 8h30 (de Brasília)
Estádio: Yokohama Internacional, em Yokohama (JAP)
Árbitro: Chris Beath (AUS)
Assistentes: Anton Shchetinin (AUS) e George Lakrindis (AUS)
VAR: Abdulla Al-Marri (QAT)

BRASIL: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães, Claudinho e Antony; Matheus Cunha e Richarlison. Técnico: André Jardine

Suspensos: Nenhum

Desfalques: Nenhum

ESPANHA: Unai Simón; Oscar Gil, Eric Garcia, Pau Torres e Cucurella; Zubimendi, Merino e Pedri; Olmo, Oyarzabal e Rafa Mir. Técnico: Luis de La Fuente

Suspensos: Nenhum

Desfalques: Ceballos (dúvida, recuperando-se de lesão)