Em partida com atuação do VAR, CRB vence Remo: 2 x 1

Jogando fora de casa e numa partida marcada pela atuação do Árbitro de Vídeo (VAR), o Clube de Regatas Brasil venceu o Clube do Remo por 2×1, no Baenão, na rodada de número 20 da Série B do Brasileiro. Renan Bressan marcou os dois gols do Galo, de pênalti (após análise da arbitragem) e Jefferson marcou para o Leão.

Com esse resultado, o CRB volta à 2ª posição da tabela, com 36 pontos. Já o Remo está na 12ª, com 26 pontos.

Na próxima rodada o CRB recebe o Cruzeiro, no dia 29, às 16h, no Estádio Rei Pelé. Já o Remo encara o Brasil de Pelotas, no dia 27, às 19h, no Estádio Bento de Freitas.

O JOGO

Na etapa inicial as equipes começaram se estudando bastante. Jajá fez a primeira tentativa aos dois minutos, colocando a bola na frente e fazendo a finta, mas Wesley fez o corte, cedendo o escanteio. Bressan foi para a cobrança e a zaga do Leão afastou.

O Remo descontou aos quatro minutos, com Arthur, que tocou para Gedoz, mas errou o passe e a zaga regatiana chegou pra fazer a cobertura.

Uma nova tentativa do CRB veio aos seis minutos, com Jean Patrick, que chutou de fora da área e Vinícius espalmou.

Nos 15 minutos iniciais, pressão do CRB em cima do Remo, com a equipe alagoana tentando as oportunidades pelas laterais.

Aos 17 minutos Reginaldo tentou cruzamento na área, mas Vinícius fez a defesa. No minuto seguinte, Victor Andrade conseguiu chegar à linha de fundo pelo Remo, mas cruzou com muita força e desperdiçou a chance.

Quatro minutos depois, o primeiro lance analisado pelo VAR. Victor Andrade passou por Jean Patrick e foi calçado por Reginaldo na entrada da área. Após a verificação do árbitro de vídeo, houve a cobrança da falta.

Aos 26 minutos, Felipe Gedoz recebeu a bola dentro da área e reclamou de um toque de mão da zaga regatiana, mas o árbitro mandou seguir o jogo.

Três minutos depois, Jajá avançou pelo lado esquerdo, dominou e tentou passar por Rafael Jansen, mas estava em posição irregular.

O Remo descontou com Victor Andrade, aos 31 minutos, que disputou a bola com Gum, pediu pênalti, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 40 minutos Reginaldo conseguiu lançar para Jajá, mas Vinícius chegou antes para fazer a defesa.

A etapa inicial foi até os 47 minutos e terminou com o placar zerado.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final as duas equipes voltaram dispostas a mudar a situação inicial, com posturas mais ofensivas.

Logo no terceiro minuto, Romão se livrou da marcação, sofreu falta e já partiu para a cobrança. Jensen afastou, Reginaldo pegou a sobra, mas a zaga remista afastou.

Aos seis minutos, Felipe Gedoz chegou à grande área, mas Guilherme Romão fez o desarme.

Com nove minutos de segundo tempo, mais um lance para o VAR analisar. Jajá cobrou escanteio, a bola ficou na área e Bressan reclamou de pênalti. Após a avaliação, pênalti para o Galo. Brenan cobrou, aos 14 minutos, e converteu: CRB 1×0 Remo.

No minuto seguinte, Júnior Brandão avançou pela grande área, disputou a bola e também reclamou de pênalti. VAR em ação novamente. Aos 20 minutos, após análise e nova confirmação, Bressan cobrou novo pênalti para o CRB e ampliou: 2×0.

O Remo tentou aos 24 minutos com Renan Gorne, que foi acionado na área, mas a bola passou por ele e Diogo Silva defendeu. No minuto seguinte nova tentativa remista em cobrança de falta de Marlon, mas a zaga regatiana afastou o perigo.

A equipe mandante começou a partir pra cima do Galo. Aos 30 minutos Victor Andrade cruzou para a área, Reginaldo afastou e Ronaldo pegou a sobra, chutando de fora da grande área. Diogo Silva pulou pelo lado direito e fez a defesa.

E, de tanto pressionar, o gol do Remo veio aos 36 minutos. Jefferson recebeu a bola livre na área, chutou forte e marcou. Remo 1×2 CRB.

Aos 42 minutos o CRB tentou chegar com Alisson Farias, que chutou na entrada da grande área, mas foi travado pela defesa.

No minuto seguinte, mais uma vez o VAR entrou em ação em lance do Remo, que chegou a mandar a bola para o fundo das redes. Aos 48 minutos, após análise, o gol de empate dos donos da casa foi anulado.

A partida seguiu até os 57 minutos, com o Remo exercendo pressão sobre o CRB, mas sem conseguir alterar o marcador. Fim de jogo no Baenão: Remo 1×2 CRB.

FICHA TÉCNICA

Remo: Vinicius; Warley (Pingo), Kevem, Rafael Jansen, Marlon; Anderson Uchôa, Arthur (Ronald), Marcos Junior (Rafinha); Felipe Gedoz (Renan Gorne), Victor Andrade, Lucas Tocantins (Jefferson).

CRB: Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano, Claudinei; Romão, Emerson (Alisson Farias), Jean Patrick (Frazan); Junior Brandão (Alan James), Bressan (Ewandro), Jajá (Jatobá).