Policial Penal reage a assalto e é assassinado a tiros em Palmeira dos Índios

Um homem foi encontrado morto, na manhã deste domingo (22), com marcas de tiro, no Povoado Gavião, zona rural de Palmeira dos Índios, no Agreste alagoano.

De acordo com informações de policiais do 3º Batalhão, o homem – identificado apenas como João Miguel – trabalhava como Policial Penal, residia em Arapiraca e estava seguindo para um trabalho extra, quando foi abordado por criminosos e reagiu ao assalto, sendo atingido por disparos de arma de fogo.

Ainda segundo a PM, o homem portava uma arma, que foi levada pelos autores do crime, que fugiram após o assassinato. João Miguel foi encontrado trajando calça jeans, pochete e tênis. Havia perfurações na região da cabeça e do abdômen.

Profissionais do Instituto Médico Legal (IML) e Instituto de Criminalística (IC) foram acionados para os primeiros procedimentos no local do crime. Polícia Militar e Civil também enviaram equipes para investigar a ocorrência.

A vítima foi encontrada sem vida, vestindo apenas calça jeans e usava tênis e uma pochete. O corpo apresentava várias perfurações feitas por arma de fogo, na cabeça e no abdômen.

A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas. Há relatos de que João Miguel estava a caminho do trabalho e que teria sido vítima de assalto. No entanto, a informação não foi confirmada pela polícia.

O Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC) foram acionados para realizar os devidos procedimentos. A Polícia Militar e a Polícia Civil enviaram equipes ao local.